GENTE BACANA FACEBOOK YOUTUBE
- AGORA SÃO
Publicidade
NIVEL DIGITAL
ANUCIA PEQUENO 03
ANINCIA AQUI PEQUENO 02
LONG LIFE
ANUCIA PEQUENO 01
LAVANDERIA MULHER MODERNA
ECOTEC
ANUCIA PEQUENO 04
Conteúdo



Primeira duplicação na BR-163 em MT pode ser entregue até abril de 2015

   10/09/2014
Fonte: G1 MT   

O primeiro trecho da BR-163 com obras de duplicação, entre o perímetro urbano de Rondonópolis ao terminal multimodal de grãos da América Latina Logística (ALL), no sul do estado, deve ser liberado ao usuário em abril de 2015. É o que estimou nesta quarta-feira (10) o diretor-geral da Rota do Oeste, empresa da Odebrecht TransPort, Paulo Lins.

A extensão de 22,7 quilômetros foi a primeira do estado a abrir o calendário de intervenções pela vencedora do leilão realizado em novembro do ano passado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para concessão de um trecho de 850,9 km da rodovia federal. O lote foi arrematado porque houve menor valor de pedágio oferecido, de R$ 2,638/eixo a cada 100 quilômetros.

"Nossa meta é até o fim do ano estar com todos os serviços de terraplanagem feitos para entrar a pavimentação no início do período seco no ano que vem para, em abril ou maio, entregar o trecho. O grande desafio em Mato Grosso é trabalhar durante o período seco porque temos uma pequena janela de seca e muitas vezes não tão previsível assim", disse Lins, durante encontro com os jornalistas em Cuiabá (MT).
 De acordo com o balanço parcial da concessionária, desde 9 de junho já foram realizados na área de Rondonópolis um total de 15 quilômetros de terraplanagem, 25 km de supressão vegetal, além de 7 km de base.


"A meta é acabar com todos os serviços de terraplanagem e base ainda em 2014 para no novo período de 2015 realizarmos a pavimentação, sinalização e entrega ao usuário", considerou o diretor.

Além da área de Rondonópolis, as obras na rodovia federal na extensão sob responsabilidade da Odebrecht já começaram nos 80 quilômetros entre o Posto Gil e Nova Mutum, com a recuperação do pavimento desde julho. Em agosto, foi a vez da recuperação profunda de pavimento na rodovia dos Imigrantes, no contorno Cuiabá, entre os quilômetros 495,3 e 524.

Ainda nesta quarta-feira, a empresa anunciou o início da recuperação profunda de pavimento no trecho de 125 quilômetros entre Itiquira e Rondonópolis.

A Odebrecht será responsável por duplicar 453,6 km do trecho de 850,9 km. Quase metade já foi ou está em fase de duplicação pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), ou 395 km. O prazo para execução das obras é de cinco anos.

Compartilhar no Facebook